quinta-feira, 17 de junho de 2010

III e IV Encontro - INSTRUMENTOS DE REGISTRO DO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO

INSTRUMENTOS DE REGISTRO DO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA E PROCESSUAL

Dá-se a partir da coleta de dados relevantes, por meio de INSTRUMENTOS que expressem o estado de aprendizagem dos alunos e as capacidades que se pretende alcançar.


INSTRUMENTOS SUGERIDOS

1. OBSERVAÇÃO E REGISTRO

São procedimentos FUNDAMENTAIS ao logo do processo de aprendizagem. Devem ser efetivados do início ao fim do período letivo.

Formas de registro:

§Fotos;
§Gravações em áudio e vídeo;
§Fichas descritivas;
§Relatórios individuais;
§Cadernos ou diários de campo e outros

O registro deve contemplar:


- A identificação da escola, do aluno e da turma, do professor, do período;

- Os objetivos do trabalho no período em foco;

- Os conteúdos trabalhados no mesmo período;

- As atividades e projetos desenvolvidos;

- Observações sobre o desenvolvimento da turma e do aluno especificamente.

- Sugestões de linhas de ação.



2. Provas operatórias

São instrumentos que dão ao professor a oportunidade de visualizar as operações mentais em que os alunos estão envolvidos.

Seus focos são as representações, os conceitos, os conhecimentos, as capacidades ou estratégias de pensamentos em geral.


São exemplos de provas operatórias:

- Levantamento de hipóteses;

- Exploração de conhecimentos prévios;

- Análises;

- Aplicação a novas situações, etc.

3. Auto-avaliação

A principal finalidade da auto-avaliação é a TOMADA DE CONSCIÊNCIA, PELO ALUNO, de suas capacidades e dificuldades, de modo a reestruturar estratégias, atitudes e formas de estudo.


Podem ser registros de auto-avaliação:

- Respostas orais;

- Debates;

- Elaboração de desenhos;

- Textos individuais ou coletivos;

- Análise comparativa de atividades desenvolvidas pelo aluno em períodos diferenciados e outros

4. Portfólio

Organização e arquivo de registros das aprendizagens dos alunos, selecionados por eles próprios sob a orientação do professor, com a intenção de fornecer uma síntese de seu percurso de aprendizagem.


A forma dicionarizada desta palavra é “porta-fólio” = pasta ou álbum para guardar folhas de papel, com desenhos, imagens, produções de um artista ou autor.

O maior sentido do uso desse instrumento seria o registro acumulativo e progressivo de dados pertinentes às aprendizagens, em torno de duas direções que o aluno se coloca: O QUE APRENDI? DE QUE FORMA APRENDI?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário